Sintomas/Diagnóstico

Rastreio e Diagnóstico Precoce

Não existe ainda nenhum método de rastreio, consensualmente aceite pela comunidade científica.

É por este motivo e pelo facto de os sintomas e sinais de alarme serem, normalmente, coincidentes com sintomas crónicos dos doentes fumadores, que o cancro do pulmão é diagnosticado habitualmente numa fase tardia.

O diagnóstico precoce afigura-se fundamental para se conseguir melhorar o prognóstico dos doentes, mas tal é, na atualidade, ainda muito pouco frequente.

No que se refere aos sintomas do cancro do pulmão há ainda um grande desconhecimento dos mesmos por parte da população em geral.

Em 2017, a Global Lung Cancer Coalition levou a cabo um estudo internacional em que analisou o conhecimento dos sintomas desta patologia, realizando entrevistas em 25 países, ao longo do Mundo . Globalmente os resultados são fracos.

Portugal é um dos países que pior compara no referido estudo, salientando-se:

  • uma em cada três pessoas não consegue mencionar um único sintoma;
  • em média, cada pessoa só consegue indicar dois sintomas;
  • os três sintomas mais conhecidos foram: falta de ar (43%), tosse (42%)e cansaço (21%)

 

Principais sintomas e sinais de alarme

Falta de ar

Tosse persistente

Expetoração ou catarro, principalmente com sangue

 Dor torácica

Infeção respiratória que não cedeu ao tratamento

Rouquidão

Chiadeira

Fadiga

Emagrecimento sem causa explicada

No entanto, nenhum destes sintomas e sinais são seguros de cancro do pulmão, só o seu médico e após efetuar alguns exames o poderá esclarecer acerca da causa.

 

Diagnóstico

Para efetuar o diagnóstico correto são efetuados vários exames.

Os mais utilizados são a radiografia, a Tomografia Axial Computorizada e a Broncoscopia.

Para confirmação da existência de cancro do pulmão segue-se uma Biópsia. pulmonar destinada à recolha de tecido para análise por parte da Anatomia Patológica.

Os Testes Moleculares são usados para efetuar o despiste de alterações genética, permitindo adequar o tratamento a seguir e assim possibilitar uma abordagem personalizada.