Rouquidão na voz: Um sintoma do Cancro do Pulmão

Alguns pacientes com cancro do pulmão podem apresentar rouquidão, o que constitui um fator de desconforto. De facto, poderá haver um esforço acrescido ao falar, principalmente se a comunicação se faz por via não presencial.

Em alguns casos pode coexistir dificuldade em engolir alimentos e em situações mais graves ocorrer o risco da comida e bebida ingeridas poderem ser aspiradas pelos pulmões.

Este sintoma é geralmente ocasionado pela compressão do nervo laríngeo recorrente, pelo tumor, ao nível do tórax. Por ser um nervo motor da laringe, pode causar perturbações no funcionamento das cordas vocais.

 

Quais os passos que deve tomar caso seja um paciente de cancro de pulmão com rouquidão?

Em primeiro lugar, deve aconselhar-se e ser analisado pela equipa médica que o acompanhe no tratamento da doença e tenha conhecimento do seu histórico.

Naturalmente que fruto dos tratamentos efetuados, à medida que o tumor vá diminuindo de tamanho irá diminuir a pressão sobre o nervo afetado, observando-se uma recuperação progressiva da rouquidão.

Em alguns casos , será necessário o apoio de um otorrinilaringologista para avaliar se algum tipo de intervenção poderá ajudar.

Pode ainda equacionar-se o recurso a uma equipa especializada em terapia da fala e discurso, de forma a estimular a capacidade para engolir e quais os passos a seguir.