Consulta de Cessação Tabágica

Sendo o tabagismo o principal fator de risco para o cancro do pulmão, é fundamental criar consultas de cessação tabágica de fácil acesso e pró-ativas, integradas num grupo multidisciplinar, que inclua apoio psicológico.

Este é um dos nossos objetivos – disponibilizar consultas de desabituação tabágica aos nossos associados e criar, especificamente, este tipo de consultas para os jovens.

A prescrição de medicamentos aos jovens até aos dezoito anos não está autorizada, pelo que, sobretudo neste grupo etário, a consulta psicológica assume particular relevância.

As consultas de cessação tabágica estão abertas ao público em geral, de todas as idades, para marcação das quais deverá utilizar o endereço: ajuda@pulmonale.pt

O apoio especializado prestado garante o melhor acompanhamento possível para que deixar de fumar se torne uma realidade facilitada.

.

Na Pulmonale,

deixar de fumar é já um hábito.

Marque hoje mesmo a sua consulta.

Testemunhos de ex-fumadores

“Ao fim de 40 anos de fumar resolvi reformar-me do fumo, que tanto me prejudicava a mim e a todos aqueles que me rodeavam.Agora já consigo saborear os alimentos melhor, até já ganhei uns quilitos. Com tudo isto sinto-me um homem muito feliz e concretizado. Fim ao tabaco.”
J.P.


 

“QUEM: Deixei de fumar graças à ajuda da Pulmonale, através do Dr José Oliveira, que sempre me ouviu, acompanhou, aconselhou, explicou, se disponibilizou… enfim ajudou-me.

COMO: Juntos delineamos um caminho com marcos temporais a atingir. Juntos cumprimos os objetivos. No meu caso o acompanhamento psicológico foi fundamental, mais que o físico penso eu, pois foi este acompanhamento que permitiu explorar as várias formas para atingir os objetivos com sucesso. Não foi fácil, mas a ajuda Pulmonale tornou o objetivo tangível.
CONCLUSÃO: A vida tornou-se melhor sem fumar, a minha e a dos que me rodeiam. A qualidade de vida melhorou significativamente refletindo-se no dormir, no cheirar, no degustar, no stress e em tantas outras coisas como por exemplo, o exemplo a dar aos meus filhos.
OBRIGADO A TODOS por me ajudarem a melhorar a minha qualidade de vida e a dos que me rodeiam.”
A.M.


 

“E assim já lá vão 3 meses desde que fumei o ultimo cigarro! Tirando a vontade de petiscar, tudo corre bem! Já houve momentos de stress tremendo, de festas, de viagens, de tristeza, de… tudo o que a vida nos assiste em 3 meses.

Fazendo o balanço, se ainda não dou por terminada a vitória, porque sei que é uma batalha diária, penso que está a correr bem! Respiro melhor, cheiro melhor, gasto menos dinheiro; sobretudo, sou livre. E dou comigo a pensar que este será um dos factores mais importantes! Ser livre e ser dona do meu tempo! Não ter de andar a correr para ir fumar, não estar na mesa a pensar que quero ir fumar, não estar em casa à espera de sair para fumar… Obrigada por tudo!”

Ana Lobo, Porto