Casa Museu Vitorino Ribeiro, no Porto, vai ser recuperada para sede da Pulmonale

A Câmara do Porto vai ceder a Casa Museu Vitorino Ribeiro, em Campanhã, à Associação Portuguesa de Luta Contra o Cancro do Pulmão. Em contrapartida, a Pulmonale terá de gastar 321 mil euros na recuperação do edifício e pagar uma renda de 30 euros por mês.
Criada em 16 de Setembro do ano passado, a instituição particular de solidariedade social constituída por profissionais de saúde, doentes com cancro do pulmão e outros, solicitou ao Município a cedência de um imóvel para instalar a sua sede no concelho.
A Autarquia propôs a Casa Museu Vitorino Ribeiro (pintor e coleccionador de arte) e a associação aceitou, comprometendo-se a investir 321.226 euros na reabilitação daquele edífico de três pisos, devoluto e com evidentes sinais de degradação, no número 148 da Rua Joaquim Vitorino Ribeiro, na freguesia de Campanhã. A Pulmonale terá ainda que pagar 30 euros por mês de renda.

Ler artigo no JN