De acordo com a missão da instituição, a Pulmonale estabeleceu um projeto de intervenção educativa a aplicar nas escolas, centros de formação, universidades ou qualquer outro contexto educacional, numa abordagem preventiva e profilática face à principal causa do surgimento de cancro do pulmão, o Tabagismo. Numa lógica de empoderamento social, estas ações permitem desconstruir as componentes biopsicossociais que estão na origem e manutenção do consumo de tabaco, explicando o surgimento de um fumador e os fatores psicofisológicos que tornam este comportamento recorrente e nocivo para a saúde pública. A modalidade de intervenção contempla uma abordagem grupal direta e continuada, inspirada nos diversos saberes científicos, que permitirão um conhecimento mais aprofundado e transversal acerca dos riscos inerentes ao consumo tabágico.

Contacto: ajuda@pulmonale.pt

A Pulmonale acaba de lançar uma campanha nacional de sensibilização para os sintomas do cancro do pulmão.
Esta é uma resposta à urgente necessidade identificada num estudo divulgado em finais de 2013 pela GLCC – Global Lung Cancer Coalition, o qual coloca Portugal em 18º lugar num conjunto de 21 países no que toca ao grau de conhecimento dos sintomas desta doença. 1 em cada 3 portugueses não consegue sequer nomear um sintoma.

A Pulmonale, em parceria com a Lightbox e a Global Lung Cancer Coalition, desenvolveu por isso uma campanha mediática alertando para os sintomas do cancro do Pulmão, tendo iniciado a 4 de setembro e estendendo-se até finais de novembro.

Esperar1Esperar2Com a colaboração de várias entidades, a campanha está presente na imprensa, na rádio, na televisão, nas redes de Metro do Porto e de Lisboa, e em unidades de saúde.

Com assinatura criativa da agência A Transformadora, conta ainda com a participação de várias caras conhecidas: Andreia Rodrigues (apresentadora), Angelo Rodrigues (actor), Luis Filipe Borges (apresentador), João Pina (judoca) e Patricia Bull (actriz).

O seu papel

Gostar não é ajudar... por isso contamos com o apoio de todos na divulgação.
Para que o maior número possível de portugueses se tornem mais conscientes e conhecedores da doença, logo mais capazes de a prevenir e de lidar com ela, desde logo apresentando possíveis sintomas ao/à seu/sua médico/a.

Como?
Visite a página da campanha: www.esperaremorrer.pulmonale.pt
Envolva-se usando os materiais, partilhando o vídeo e a página nas redes sociais, reencaminhando esta mensagem.

Aproveite e conheça melhor as ativida hot lesbian porndes da Pulmonale, apoie e junte-se a uma causa que é de todos nós.

Destaques

simuladorT

Veja o que o Tabaco já lhe "ROUBOU"